TecnoNews

Essa é pra você, projetista!

Essa é pra você, projetista!
ELIMINE A RAA, ESPECIFIQUE O USO DA SÍLICA ATIVA E AINDA GARANTA TODOS OS BENEFÍCIOS DE UM CONCRETO DE ALTO DESEMPENHO (CAD).

A reação álcali-agregado afeta um grande número de obras de construção civil. Nos casos de danos moderados, o monitoramento periódico e a manutenção das estruturas de concreto favorecem o controle da patologia. Nos casos mais severos, é preciso a substituição dos elementos afetados, devido ao comprometimento das propriedades mecânicas do concreto.

E o que faz o concreto se tornar mais durável? Depende da capacidade do concreto de resistir às agressões químicas, físicas, mecânicas e biológicas do ambiente para o qual foi projetado ou aos mecanismos internos do próprio concreto.

Dentre as agressões químicas destacam-se os ataques por íons cloreto e sulfato, dióxido de carbono, ataques ácidos e as reações álcali-agregado (RAA). Esta última só acontece quando há a soma de 3 fatores: a presença de fases reativas no agregado, umidade su ciente e, por último, a concentração de hidróxidos alcalinos (K+, Na+, OH¯ ) na solução dos poros do concreto su ciente para reagir com as fases reativas dos agregados.

De todas as medidas preventivas para o emprego de agregados reativos em obras de construção civil, o uso de sílica ativa é uma das mais e cientes porque reduz signi cativamente e controla a expansão deletéria relacionada à reação álcali-agregado no concreto.

A adição de teores entre 5 e 8% - da Sílica Ativa Tecnosil em relação ao peso do cimento - melhora as características dos concretos e argamassas, tanto no estado fresco quanto no endurecido, proporcionando:

 • Redução do consumo de cimento;
 • Melhor desempenho, inibindo agressões químicas, penetração ions cloreto, RAA;
 • Baixa permeabilidade, porosidade, absorvidade;
 • Maior resistência mecânica;
 • Melhor aderência da pasta/armaduras e da pasta/agregados;
 • Alta resistência a ambientes agressivos;
 • Menor índice de reflexão em concretos projetados;
 • Maior espessura de aplicação no concreto projetado;
 • Aumenta a coesão;
 • Diminui a exsudação;
 • Melhor desempenho à abrasão e erosão.

Os benefícios da Sílica Ativa na melhora da reologia

As sílicas ativas de boa qualidade, como a da Tecnosil - quando usadas de 3% a 10% sobre o peso do cimento do traço - diminuem a porosidade e a permeabilidade e favorecem o aumento da resistência mecânica à compressão do módulo de elasticidade e da resistência ao desgaste ou abrasão de superfícies de concreto expostas a estes esforços.

No caso específico do Museu do Amanhã, o emprego da Sílica Ativa Tecnosil foi a solução ideal. Por estar localizado numa região sujeita á forte ação da maresia, o que prejudica a durabilidade e a resistência do concreto, a Sílica Ativa age ativamente com os hidróxidos alcalinos dissolvidos na água, neutralizando a reação álcalis-agregado (RAA) e garantindo maior vida útil ao concreto.

Segundo Eng. Ronaldo Tartuce, basta conhecermos as características dos cimentos e estudar as quantidades de Sílica Ativa necessárias para executarmos uma correta mitigação da RAA.

Texto de Simone Viterbo. Publicada originalmente em Revista Soluções Tecnosil na edição de Jul/Ago 2016

15th International Conference on Alkali-Aggregate Reaction

15th International Conference on Alkali-Aggregate Reaction

July 03th - 07th , 2016 - São Paulo, SP, Brazil

A Conferência Internacional sobre Reações Álcali-Agregado, que ocorre a cada 4 anos desde 1974, lida com os estudos de reações químicas danosas (reações álcali-agregado) que afetam estruturas de concreto no mundo todo, reduzindo sua durabilidade e sua vida útil.

Em nome de todo o Comitê Organizados e do Comitê Científico, nós gostaríamos de convidá-lo a participar da 15ª Conferência Internacional sobre Reações Álcali-Agregado (ICAAR, na sigla em inglês), que ocorrerá em São Paulo, SP. Nos sentimos muito honrados por organizar este evento e estamos ansiosos para oferecer-lhe uma excelente conferência técnica, assim como uma experiência memorável no coração da capital econômica do Brasil.

Nós estamos comprometidos em propiciar uma oportunidade para desenvolvimento profissional, disseminação e intercâmbio de informações e avanço contínuo no campo das reações álcali-agregado. Cada aspecto da conferência foi pensado para que a sua visita seja o mais interessante possível, tanto no âmbito profissional quanto pessoal. Você terá a oportunidade de interagir diretamente com pesquisadores que estão na vanguarda de tópicos inovadores e também de criar contatos com outros profissionais como você.

Estamos esperando você em São Paulo!

Mais informações em www.ibracon.org.br/icaar/

A Sílica Ativa da Tecnosil no Museu do Amanhã, Rio de Janeiro

A Sílica Ativa da Tecnosil no Museu do Amanhã, Rio de Janeiro

Foi inaugurado no final de 2015, no Rio de Janeiro, o Museu do Amanhã, projeto de Santiago Calatrava com a parceria local do escritório Ruy Rezende Arquitetura. Iniciada em 2010, a concepção da obra pelo arquiteto espanhol se relaciona com a remodelação urbana do entorno da praça Mauá, assim como com o projeto global de requalificação da região portuária da cidade, do qual o museu se beneficia a partir de espaços livres e visuais desimpedidas resultantes da demolição da Perimetral. É nesse contexto que Calatrava defende o partido escultórico, em conformidade com a linguagem característica do seu acervo de trabalhos. Erguido paralelamente ao píer que o abriga, o museu é cercado por espelhos d’água, vias de circulação para ciclistas e pedestres e até uma área verde com espécies típicas da mata atlântica. A fruição pública da paisagem envoltória é complementada pelas praças e equipamentos de estar do espaço urbano lindeiro, totalizando 38,5 mil metros quadrados de área de implantação.

Ao longo do desenvolvimento da arquitetura o projeto foi ganhando programa, que culminou com a curadoria, coordenada pela Fundação Roberto Marinho, de um centro de ciências e humanidades.

Se, por um lado, as características escultóricas da obra se referem tanto às dimensões superlativas quanto à linguagem arquitetônica de exceção, com curvas virtuosas e assimétricas entre si conjugadas à provisão de sofisticados mecanismos automatizados, por outro a exposição que irá abrigar tem partido hermético e intimista, baseado na expografia audiovisual. Um grande invólucro, assim, contendo sequência linear de pequenos núcleos expositivos na nave central do segundo pavimento da edificação, é o princípio configurador do Museu do Amanhã, o que caracteriza sua dupla escala. + leia a matéria completa

Sílica Ativa X Corrosão de Armaduras

Sílica Ativa X Corrosão de Armaduras

A deterioração de inúmeras obras devido à corrosão das armaduras é um dos principais problemas associados à durabilidade do concreto, o que evidencia a necessidade de soluções que contribuam para minimizar a incidência e evolução da corrosão nas estruturas de concreto. A adição de Sílica Ativa ao concreto promove uma diminuição da porosidade, resultando em um material mais resistente aos agentes agressivos desencadeadores da corrosão.

graficos-corrosao-armaduras

Cura Térmica

Cura Térmica

VANTAGENS EM UTILIZAR TECNOSIL SÍLICA ATIVA:
Melhor desempenho e rapidez na desmoldagem de peças de concreto, com o intuito de melhorar a produtividade dos canteiros e indústrias de pré-moldados é uma busca constante dos tecnologistas de concreto. Com este objetivo há décadas vem sendo empregado o recurso da cura térmica, buscando sempre o equilíbrio entre o custo e benefício desta tecnologia, frente às necessidades de produtividade.

Baixa_TECNONEWS_12ed_JANEIRO

VANTAGENS:
• Para a mesma resistência de liberação, obtêm-se reduções significativas no consumo de aglomerante;
• Quanto maior a resistência requerida, maior a redução de cimento;
• Pelos ganhos de resistência apresentados pelos concretos com adição de sílica ativa é possível empregar menos energia na cura térmica, ou por um ciclo menor de cura, ou por uma menor temperatura no processo.
• Menor perda de resistência final dos concretos com adição em relação aos concretos sem adição;
• Possibilidade no aumento das resistências iniciais e consequentemente maiores vãos em peças protendidas.

Reação Álcali-Agregados

Reação Álcali-Agregados

A reação álcalis-agregado (RAA) é de origem química, na qual um dos componentes mineralógicos do agregado empregado na confecção do concreto, reagem com hidróxidos alcalinos (OH )presentes na solução dos poros do concreto. O produto desta reação é um gel característico e higroscópico, que promove a expansão interna do material. Esta ação deletéria provacada pelo RAA apresenta-se de várias formas na estrutura, tais como: expansões, movimentações, ssurações, aglomeração e exsudação do concreto, entre outros. Consequentemente há redução das resistências à tração e compressão.

A RAA é distinguida em três tipos: Reação álcali-sílica, reação álcali-silicato e reação álcali-carbonato.

Como todas as manifestações deletérias que ocorrem em estruturas de concreto a melhor forma de combate é a prevenção, mitigando os riscos de sua manifestação antes da construção.

Vantagens de utilizar Tecnosil: SÍLICA ATIVA

Vantagens de utilizar Tecnosil: SÍLICA ATIVA

A Sílica Ativa é um pó pulverizado obtido do processo de fabricação so silício metálico ou ferro silício. Portanto é um produto de origem metalúrgica, o que lhe confere maior estabilidade quanto a sua composição química e física.

No processo de fabricação do silício metálico, é gerado um gás (Si-O) que, ao sair do forno elétrico oxida-se formando a sílca amorfa (Si-O2), que é captada em lhos de manga, em seguida armazenada em silos adequados e embalada em big bags e sacos de craft.

As partículas da Sílica Ativa são esféricas, viteras e possuem um diâmetro médio menos do que 1m apresentando altíssima surpefície especíca e uma massa especíca aparente baixa.

O alto teor de Si-O2 no formato amorfo (não cristalino), aliado a uma elevada nura, proporciona altíssima reatividade com os produtos decorrentes da hidratação do cimento, conferindo melhor desempenho em concretos e argamassa.

Vantagens em utilizar

A adição de teores entre 5% e 8% de Sílica Ativa da Tecnosil em relação ao peso do cimento melhora as características dos concretos e argamassas, tanto no estado fresco quanto no endurecido, proporcionando:

• Melhor desempenho inibindo agressões químicas, penetração ions cloreto, RAA;
• Baixa permeabilidade, porosidade, absorvidade;
• Maior resistência mecânica;
• Melhor aderência pasta/armaduras e pasta/agregados;
• Alta resistência a embientes agressivos;
• Menos índice de reflexão em concretos projetados;
• Possibilita uma maior espessura de aplicação no concreto projetado;
• Aumenta a coesão;
• Diminui a exsudação;
• Melhor desempenho a abrasão e erosão.

Características físicas e químicas:

• Alto teor de Si-O2 > 85%
• Superfície específica - 20.000 m2 / kg
• Formato da partícula: Esférico
• Massa Específica: 2.220 kg/m3

Aplicações:

Grandes estruturas, estruturas de edifício, obras maritimas, obras hidráulicas, reparos em obras de concreto, pisos industriais, peças mecânicas, grautes e argamassas, controle do calor de hidratação, etc.

Parabéns Equipe FEI APO por mais uma conquista!

Parabéns Equipe FEI APO por mais uma conquista!

No mês de outubro foi realizado o 57º Congresso Brasileiro do Concreto, em Bonito, e nós do Grupo Tecnosil apoiamos as universidades para participarem do concurso.

Este ano, a Equipe FEI APO levou o prêmio e foi Campeã do concurso: Concreto colorido e do Concrebol.

Parabéns à toda a equipe pela conquista e parabéns também à todos os que participaram do evento mostrando assim sua garra e determinação.

Métodos para garantir a vida útil de uma estrutura

Métodos para garantir a vida útil de uma estrutura

A AÇÃO CONJUNTA DA NANOSSÍLICA E DA SÍLICA ATIVA.
Alinhado com estes conceitos de desenvolvimento sustentável e com o objetivo de reduzir o impacto ambiental no setor da construção civil, o Grupo Tecnosil vem apostando e investindo na criação de soluções para infraestruturas mais duráveis e que exijam menos reparos, sem que isso signifique sacrifício algum na qualidade dos materiais.

A Sílica Ativa e a nanosílica que a Tecnosil comercializa possuem composições químicas idênticas, SiO2, mas apesar disso proporcionam propriedades diferentes tanto em eficiência como em tempo de atuação, quando adicionadas em separado por terem tamanhos de partículas muito distintos.

Quando usadas conjuntamente na produção de concretos de qualquer tipo trazem expressivos ganhos nas propriedades físico-mecânicas e na durabilidade em diversos ambientes agressivos.

SOMANDO FORÇAS
A explicação para tal sinergia se encontra no refinamento sucessivo e complementar da microestrutura dos concretos, argamassas ou pasta de cimento que se produz durante a hidratação de uma fração de cimento Portland. Isto se deve à rápida reação com o Ca(OH)2 liberado, o que origina uma rede inicial de gel CSH de excelente qualidade na dissolução que, além de tudo, se integra às partículas de cimento anidras criando pontes de silicatos de cálcio hidratados entre elas.

À medida que a nanosílica reage depois das horas iniciais, continua a hidratação da fração de cimento Portland se observa: Os produtos de hidratação habituais do cimento Portland se segmentam progressivamente nos espaços e crescem sobre a rede inicial de gel CSH de origem nanosílica, o que gera uma maior densificação da microestrutura. Ao mesmo tempo, começa também o refinamento da microestrutura devido à atividade pozolônica da Sílica Ativa, o que faz gerar maior quantidade de gel CSH por reação com o Ca(OH)2 de melhores propriedades que na ausência da mencionada rede inicial de origem nanosílica.

Alguns números com uso SA (Sílica Ativa)

Alguns números com uso SA (Sílica Ativa)

ECONOMIA DE RECURSOS NATURAIS:
Além de maior resistência, outro importante ganho que a Sílica Ativa nos traz é a redução dos volumes de concreto e do aço empregados. Basta ver o exemplo acima, considerando-se o pilar central de uma edificação, com carga de 800 tf. Há uma redução de 34% no consumo de energia e de 43% na emissão de CO2, pela simples redução no consumo de materiais: menos 44% de concreto e menos 42% de aço, o que se traduz em economia significativa de recursos naturais.

AUMENTO DA VIDA ÚTIL: Diversos estudos demonstram que durante a vida útil funcional, econômica e técnica de uma construção, o consumo de energia é de 40% em sua etapa de construção e 60% durante a utilização ao longo de seus 50 anos de vida. A Sílica Ativa contribui profundamente para a redução destes percentuais e para aumentar a durabilidade de estruturas de concreto, permitindo a criação de concretos menos permeáveis, logo mais resistentes a diversos ataques químicos, carbonatação, corrosão de armaduras, mitigação de reação álcali-agregado, etc.

Top
Menu Tecnosil