Permeabilidade do concreto: qual sua importância para a construção?

Permeabilidade do concreto

Permeabilidade do concreto: qual sua importância para a construção?

A permeabilidade do concreto é uma importante propriedade que influencia, principalmente, a durabilidade do concreto. Saiba o que é a permeabilidade e como determiná-la.

image2 (10)

O concreto tem poros que permitem a passagem de água e outros elementos para o seu interior, o que faz com que se inicie um processo de corrosão.

Ao se trabalhar com concreto, existem diversos fatores que influenciam no resultado. Quando finalizado o trabalho, uma das características que o concreto deve apresentar é uma boa durabilidade, ou seja, uma alta resistência aos efeitos do meio ambiente.

Porém, é importante ressaltar que esta durabilidade não é uma propriedade associada ao concreto em si, e, sim, ao resultado da sua interação com o meio ambiente.

Mas, o que faz o concreto ter uma boa durabilidade? Este atributo é obtido por meio das suas características, que são a relação água-cimento e, a permeabilidade, ou seja, o nível de absorção de água e ar do material. Quanto mais baixo for o nível de permeabilidade do concreto, mais resistente aos agentes agressivos ele será.

A água é um agente deteriorante que transporta substâncias que podem causar danos ao material, e, por isso, a redução do seu fluxo dentro da microestrutura do concreto é uma excelente forma de evitar um processo de deterioração, tanto no concreto quando na sua armadura.

Para garantir uma boa resistência, é fundamental conhecer os tipos de poros e os ensaios que são empregados para determinar a permeabilidade do concreto.

Como se classificam os concretos quanto ao tipo de poro? E ao tamanho?

Apesar de parecer um material relativamente simples, o concreto tem uma estrutura complexa, formada por meio da distribuição heterogênea de vários componentes sólidos e vazios.

Durante a hidratação da pasta do cimento, é formada, dentro dele, uma estrutura composta por diversos poros, que acabam sendo os responsáveis pelo transporte de água, gases e outras substâncias corrosivas para a parte interna do material.

Para entender melhor a permeabilidade do concreto, é necessário conhecer os tipos de poros e os seus tamanhos. Eles podem ser classificados da forma a seguir.

Tipo de poro

Os tipos de poro existentes são:

  • Poros de ar;
  • Poros interlaminares
  • Poros de capilares.

Os poros de ar podem vir em dois tipos: os poros de ar aprisionado, que surgem no processo de adensamento do concreto, e os de ar incorporado, que são resultado do uso de aditivos próprios para incorporação de ar. Já os poros interlaminares surgem entre os produtos da hidratação do cimento, enquanto os poros capilares são gerados pelo espaço não ocupado pelos produtos de hidratação.

Tamanho do poro

Quanto ao tamanho, eles são classificados da seguinte forma:

  • Poros grandes ou macroporos;
  • Poros capilares;
  • Mesoporos.
  • Microporos

Para uma boa durabilidade, o ideal é que o concreto tenha poucos poros, pois eles são os que mais ajudam a entrada de agentes degradantes. Portanto, quanto menor a permeabilidade do concreto maior será a durabilidade do concreto.

Quanto maior for o nível de porosidade do concreto, mais fácil será a entrada dos agentes degradantes no material. Mas, e se isso acontecer, como resolver? Para reduzir a porosidade de concreto, normalmente especificam concreto com uma relação água/cimento baixa ou usa-se a microsílica (sílica ativa). Quando essa substância é usada no concreto, ela pode garantir uma grande redução na permeabilidade além de aumentar a resistência mecânica do concreto.

A microsílica é muito usada em estruturas que necessitam de alta resistência mecânica ,ou construções expostas a condições adversas. A maioria dos arranha-céus é construída com um concreto de alto desempenho, reforçado com aditivos superplastificantes e microsílica.

image1 (16)

Se a porosidade do concreto for alta, vai ser fácil os agentes agressivos penetrarem. Para fechar a porosidade, o uso da microsílica é essencial. Na imagem, exemplo de arranha-céus que usam microsílica nas suas estruturas.

Quais ensaios são empregados para determinar a permeabilidade do concreto?

No Brasil, os ensaios para determinação da permeabilidade do concreto são feitos em corpos-de-prova em laboratórios. São eles:

  • Determinação da penetração de água sob pressão (NBR 10787);
  • Determinação do coeficiente de permeabilidade à água (NBR 10786);
  • Determinação da absorção de água por imersão, índice de vazios e massa específica (NBR 9778);
  • Determinação da absorção de água por capilaridade (NBR 9779).

O concreto de baixa permeabilidade apresenta valores reduzidos na relação água-cimento e uma boa cobertura da armadura. Quando isso ocorre, determina-se que ele não terá problemas associados à durabilidade.

Mas, é preciso ter cuidado com a corrosão da armadura, que pode ocorrer mesmo quando o concreto está dosado e é aplicado da forma correta. Isso acontece porque, com o tempo, há um aumento na permeabilidade, devido a fissuras geradas no concreto.

Tanto o peso da estrutura quanto os efeitos de tempo auxiliam na propagação das microfissuras no material, que geralmente já estão presentes na zona de transição entre a argamassa de cimento e as partículas de agregado graúdo. As fissuras e vazios se interconectam e fazem com que a estrutura perca a sua capacidade hermética.

Apesar de não ser muito usado no Brasil, outro método para analisar a permeabilidade do concreto é a determinação do seu coeficiente de permeabilidade, com uso da Lei de Darcy.

Se souber as principais formas de determinar a permeabilidade do concreto e a importância desta propriedade, um profissional estará apto a trabalhar com estruturas maiores, que exigem um alto nível de resistência.

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário aqui. Aproveite também para compartilhar essas informações com seus amigos.

Como calcular a quantidade de concreto utilizada?
Calçada de concreto ou paver: qual a melhor escolha?